Avatar

On Air

Carlos Cerqueira Novidades entre portas / 12:00 - 13:00
Carlos Cerqueira

Carlos Cerqueira

MÍSIA ESTREIA O NOVO PROJETO

“ANIMAL SENTIMENTAL”

 

Os sentimentos, essa inefável matéria que inspira poetas e artistas de tantas outras áreas, são tesouros que não pesam senão na alma. Mísia sabe bem disso. Esta artista mulher, fadista sonhadora, cantora atriz, contadora de histórias suas e alheias, é a primeira a admitir que é um animal sentimental.

A expressão serve de título a um novo álbum, com edição mundial a 29 de Abril, guiado por si própria e por Wolf-Dieter Karwatky, premiado produtor alemão que tem trabalhado com alguns dos maiores nomes da música clássica, colecionado Grammys e somado projetos de sucesso carimbados pela Deutsche Grammophon, novo capítulo de uma aplaudida carreira que se estende por três décadas e com amplo reconhecimento internacional. Este novo projeto faz parte de um ambicioso tríptico: o disco; um livro que, garante ela, será feito de episódios poéticos e momentos cómicos e sentimentais, de pequenas tragédias de um caminho longo de vida que recua às memórias de infância e que, a partir de 1991, começou a ser fixado em discos de crescente sucesso e ambição artística; e o concerto, em estreia no Museu do Oriente, a oportunidade para levar tudo isso – as histórias e as canções, os sentimentos, pois claro, para cima do palco, afinal de contas, o habitat natural de qualquer animal sentimental.

EM PALCO:

Mísia

Maestro Fabrizio Romano | Piano

Pedro de Castro | Guitarra Portuguesa

Daniel Pinto | Viola Baixo

Bernardo Viana | Viola de Fado

O cantor, guitarrista e produtor valenciano (de Gandía), Carles Dénia, apresenta-se este fim de semana, pela primeira vez em Lisboa e no Porto: 12 e 13 de Novembro, respectivamente.

As coisas que carregamos são as que realmente precisamos? São elas que nos permitem sobreviver? Ou serão aquelas que nos permitem perpetuar um modelo de vida já conhecido sem questioná-lo? Repetimos gestos inconsequentes sem nos apercebermos da sua arbitrariedade ou repetimo-los porque sem eles permitiríamos que o vazio se infiltrasse? A performance desdobra-se num contínuo de acções que evocam viagens, nomadismo, a criação de condições de sobrevivência e a manutenção de um modelo de vida já familiar.

The Things We Carry reúne duas comunidades de dança contemporânea que definem, a sul, os extremos ocidental e oriental da Europa continental. Com uma equipa artística enraizada em duas cidades portuárias, Lisboa e Istambul combinam realidades socioculturais altamente contrastantes, com uma marcada intersecção de tradições e nacionalidades diversas que naturalmente são reflectidas no trabalho artístico. 

The Things We Carry foi criado e estreou em Istambul, após um período de residência de Francisco Camacho com os artistas da Çiplak Ayaklar Kumpanyası. O espectáculo agora é apresentado pela primeira vez em Portugal.

Pág. 1 de 3

VOZ ONLINE é o nome da rádio licenciada pela Associação Voz Online Rádio - ARDVOZ.

  •  

Registo na ERC nº 700077
  •  
    spotify6  google podcast