Rate this item
(0 votes)

Diccionario da Linguagem das Flores - o novo livro de António Lobo Antunes

By Published October 12, 2020

O novo livro de António Lobo Antunes, "Diccionario da Linguagem das Flores", protagonizado pelo comunista Júlio Fogaça, é publicado terça-feira, dia 13 de outubro

Júlio Fogaça (1907-1980) foi membro do secretariado do Partido Comunista Português, filho de comerciantes abastados, nasceu em Alguber, concelho do Cadaval. Durante o fascismo a maior parte da sua vida foi passada na clandestinidade ou nas tenebrosas cadeias da ditadura. Membro do PCP desde a juventude, passou cerca de 18 anos nas prisões do Tarrafal (Cabo Verde), Forte de São João Baptista (Angra do Heroísmo), Forte de Peniche, Cadeia do Aljube e Forte de Caxias.

Sobre a obra, as Publicações D. Quixote escrevem: “Ao longo de 24 capítulos, numa escrita disruptiva a que Lobo Antunes já nos habituou, o leitor é levado a interrogar-se sobre a verdadeira identidade desse protagonista”, abordando “temas como o tempo, a memória e a identidade, caros ao autor, estão também presentes neste livro”.

“Todavia, a verdadeira pedra angular da narrativa é a descoberta de um livro antigo, que está na origem do título do romance, e que origina uma surpreendente oscilação gráfica entre o português atual e o português do final do século XIX”, segundo a editora. Este é o 36.º título do autor de 78 anos, contando com cinco livros de crónicas.

“Dicionario da Linguagem das Flores” sucede a “A Outra Margem do Mar”, editado no ano passado. “Todo o seu trabalho literário tem sido, ao longo dos anos, objeto dos mais diversos estudos, académicos ou não, e dos mais importantes prémios, nacionais e internacionais”, referem as Publicações D. Quixote, lembrando que a sua obra encontra-se traduzida “em inúmeros países”.

António Lobo Antunes nasceu em Lisboa, em 1942. Estudou na Faculdade de Medicina de Lisboa e especializou-se em Psiquiatria. Exerceu, durante vários anos, a profissão de médico psiquiatra. Em 1970 foi mobilizado para o serviço militar. Embarcou para Angola no ano seguinte, tendo regressado em 1973. Em 1979 publicou os seus primeiros livros, Memória de Elefante e Os Cus de Judas, seguindo-se, em 1980, Conhecimento do Inferno. Estes primeiros livros transformaram-no imediatamente num dos autores contemporâneos mais lidos e discutidos no âmbito nacional e internacional. Todo o seu trabalho literário tem sido, ao longo dos anos, objeto dos mais diversos estudos, académicos ou não, e dos mais importantes prémios, nacionais e internacionais, entre os quais se contam o Prémio Juan Rulfo, 2008, Prémio Camões, 2007, Prémio Jerusalém, 2005, Prémio Ovidio, 2003 e Prémio Europeu de Literatura, 2001. A obra de António Lobo Antunes encontra-se traduzida em inúmeros países e recentemente foi anunciada a sua edição na prestigiosa coleção Pléiade.

Read 166 times Last modified on Monday, 12 October 2020 13:27
Login to post comments

VOZ ONLINE é o nome da rádio licenciada pela Associação Voz Online Rádio - ARDVOZ.

Todos os direitos reservados.

  •  

VOZ ONLINE é o nome da rádio licenciada pela Associação Voz Online Rádio - ARDVOZ.

Todos os direitos reservados.

  •  

Registo na ERC nº 700077
R. Nova da Piedade, nº 66
Lisboa, Lisboa 1200-299
PORTUGAL